7 passos para ter uma cozinha estilo escandinava

Sabe aquelas cozinhas superaconchegantes, leves e charmosas, que têm a cor branca como elemento principal? Pois é, que tal ter uma assim no seu lar? Para isso, basta apostar no estilo escandinavo! Seguindo uma linha mais clássica, esse tipo de decoração deixará seu cômodo mais convidativo, além de apaixonante. Então vamos lá?!

1º passo: Paredes pedem pelo branco
A maior característica da cozinha escandinava é o uso da cor branca. Por isso, o primeiro passo é aplicar o branco nas paredes. Nas áreas secas, você poderá investir na pintura convencional. No entanto, nas demais regiões, como pia e fogão, por exemplo, invista no revestimento cerâmico. O ideal são aqueles modelos que remetem aos azulejinhos, já que são bem característicos do estilo escandinavo. As pastilhas em porcelana também são bem-vindas, desde que sigam o formato retangular.
 
 
2º passo: Neutralidade no piso
Se você deseja investir num piso todo em branco está liberado, mas prefira um modelo que não apresente tanto brilho, o acetinado, por exemplo, é uma ótima alternativa. Mas para fidelizar o estilo escandinavo, o melhor seria optar por um revestimento em madeira ou que imite tal efeito. Aliás, cuidado com o tom da madeira! Evite tonalidades escuras, pois, isso sobrecarregará o ambiente, além de fugir um pouco da proposta.
 
 
3º passo: Armários em branco
Pois é, os armários também recebem uma roupagem toda branquinha! Aliás, esse é outro traço fundamental da cozinha escandinava. Entre os modelos coringas estão os de madeira com algum detalhe nas portas, seguindo uma espécie de moldura. Além disso, os puxadores costumam ser em metal prateado. Mas caso prefira um design mais arrojado, então priorize um modelo mais compacto com pouca informação, de modo a não interferir no perfil da cozinha escandinava.
 
 
4º passo: Elementos em madeira na cor natural
Seja na versão rústica ou sofisticada, a madeira na sua cor natural deve marcar presença na cozinha.
O jeito clássico e que garantirá um resultado fabuloso é optando por uma bancada em madeira na região seca, próxima a pia. Caso a mesa de jantar esteja localizada nesse cômodo, então, outra possibilidade é apostando numa mesa mais rústica em madeira. Quanto às cadeiras, elas podem ser em branco. Aliás, optar por uma mesa e por cadeiras brancas, mas que apresente em sua estrutura a madeira na cor natural, ou seja, nos pés, também assegurará um visual superinteressante!
 
 
cozinha
 
 
5º passo: Um tapete passadeira bem charmoso
Se você é daquelas que adora ficar descalça, principalmente, cozinhar com os pés bem livres, então irá gostar e muito dessa opção. Sabe aquele tapete passadeira, retangular e bem comprido? Então, ele também é bem-vindo no estilo escandinavo, ainda mais, se o piso for voltado para o efeito da madeira! Mas atenção quanto ao modelo! Prefira os modelos listrados ou estonados. Evite um tapete uniforme. Sendo assim, tons de azul, por exemplo, são perfeitos.
 
 
6º passo: Um pendente mais sóbrio
Além de abusar da luz natural, também é importante investir numa boa iluminação. Para isso, conte com o pendente ou com um jogo de luminárias suspensas. Mas lembre-se: nada de colocar um modelo que chame atenção demais, afinal, o grande charme da cozinha escandinava é a harmonia entre os elementos, os quais seguem um visual mais clean. É possível, no entanto, a escolha por uma luminária ou pendente mais irreverente, desde que não seja colorido. Desse modo, tons mais sóbrios, como preto e cinza podem ser uma das opções.
 
 
7º passo: A natureza como elemento decorativo
Quando se fala em item decorativo na cozinha escandinava, o destaque fica por conta da natureza. É verdade! Dessa forma, cestos com frutas e legumes, pequenos vasos de plantas, inclusive, de ervas são os elemento decorativos preferidos dos designers! Quer uma maneira mais simples e fácil do que isso?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *