Descubra a Cafeteira Ideal Para Ter em Casa 8 Modelos Indicados

O aroma do café fresco pela manhã é um prazer para muitos. Ele evoca sentimentos de calor, aconchego e energia para começar o dia.

Nesse sentido, uma boa cafeteira é o coração de qualquer cozinha dos amantes de café. No universo das cafeteiras, existem diversos tipos e modelos graças aos moldes de injeção.

Cada um com suas características e peculiaridades, com peças feitas de injeção plástica, elas são bastante resistentes. Contudo, é comum surgir a dúvida de como escolher a cafeteira ideal.

Quais são os tipos de cafeteiras?

Pensando em auxiliá-lo, e em parceria com a FN imobiliária em Balneário Camboriú, exploramos hoje as diversas categorias de cafeteiras para encontrar a ideal para você.

1. Cafeteira de Filtro (Drip Coffee Maker)

Cafeteira de Filtro (Drip Coffee Maker)
Imagem Ilustrativa, Canva Pro

Esta é talvez a cafeteira mais comum encontrada em lares e escritórios. Você simplesmente adiciona água, coloca o café moído em um filtro e liga a máquina.

A água é então aquecida e goteja através do café, resultando em uma jarra de café pronto. No entanto, vale lembrar que o sabor do café pode variar dependendo da marca e do modelo.

2. Cafeteira Francesa (French Press)

Cafeteira Francesa (French Press)
Imagem Ilustrativa, Canva Pro

Diferentemente da cafeteira de filtro, a cafeteira francesa não requer eletricidade. Adicione água quente ao café moído, deixe em infusão por alguns minutos e, em seguida, pressione o êmbolo para baixo.

Como resultado, você terá um café rico e robusto. Contudo, é importante lembrar que, como não utiliza filtro de papel, o café pode conter mais sedimentos, o que é normal.

3. Cafeteira Espresso

Cafeteira Espresso
Imagem Ilustrativa, Canva Pro

Se você adora um café forte, então a cafeteira espresso é a sua escolha. Ela utiliza pressão para forçar a água através do café moído, produzindo um shot de espresso denso e aromático.

Muitos modelos também vêm com vaporizadores, permitindo fazer cappuccinos e lattes. Portanto, é uma ótima opção para quem deseja variedade.

4. Cafeteira Italiana (Moka)

Cafeteira Italiana (Moka)
Imagem Ilustrativa, Canva Pro

Este é um clássico para muitos amantes do café. Funcionando no fogão, a cafeteira italiana utiliza pressão do vapor para forçar a água através do café.

O resultado se assemelha ao espresso, mas é menos concentrado. No entanto, requer uma atenção especial para evitar que o café queime.

5. Cafeteira Aeropress

Cafeteira Aeropress
Imagem Ilustrativa, Canva Pro

Relativamente nova no mercado, a Aeropress conquistou muitos fãs por sua simplicidade e eficiência.

Semelhante em conceito à cafeteira francesa, ela utiliza pressão manual para extrair o café.

Nesse sentido, permite uma grande variação na intensidade e sabor, dependendo da moagem e do tempo de infusão.

6. Cafeteiras de Cápsula

Cafeteiras de Cápsula
Imagem Ilustrativa, Canva Pro

Comodidade é a palavra-chave aqui. Essas máquinas de café utilizam cápsulas pré-embaladas de café, garantindo uma dose perfeita e consistente toda vez.

Contudo, é importante considerar os custos das cápsulas e o impacto ambiental de seu descarte.

7. Cafeteira Sifão (Syphon ou Vacuum Pot)

Cafeteira Sifão (Syphon ou Vacuum Pot)
Imagem Ilustrativa, Canva Pro

Uma das cafeteiras mais espetaculares em termos de apresentação, a cafeteira sifão combina ciência e arte.

Ela funciona através de um mecanismo de vácuo e sifão. A água é aquecida na câmara inferior, e a pressão do vapor força a água para a câmara superior, onde o café é infundido.

Quando o calor é removido, o vácuo formado suga o café de volta para a câmara inferior.

O café produzido é limpo, suave e muito saboroso. Contudo, este método requer mais habilidade e atenção do que outros métodos.

8. Cafeteira de Prensa a Frio (Cold Brew Press)

Cafeteira de Prensa a Frio (Cold Brew Press)
Imagem Ilustrativa, Canva Pro

Por fim, para aqueles que preferem um café mais suave e menos ácido, a cafeteira de prensa a frio é a escolha ideal.

Diferentemente dos métodos tradicionais que usam água quente, esta cafeteira infunde o café com água fria por um período prolongado, geralmente 12 a 24 horas.

O resultado é um café concentrado, que pode ser diluído conforme o gosto. Portanto, é especialmente popular em climas mais quentes, oferecendo uma bebida refrescante para combater o calor.

Conclusão

Sendo assim, a escolha da cafeteira ideal para ter em sua casa depende do gosto pessoal, das necessidades e do orçamento.

Algumas pessoas preferem a praticidade das cafeteiras de filtro ou cápsula, enquanto outras não abrem mão do sabor autêntico proporcionado pela prensa francesa ou pela Moka.

Mas, independentemente da escolha, o que realmente importa é o prazer proporcionado por uma boa xícara de café.

Entre para receber dicas e tendências de decoração

Então, desfrute de cada gole e celebre a maravilhosa variedade que o mundo das cafeteiras tem a oferecer.

Escrito por

Melina Lemos

Melina Lemos, paulista com a formação em Design de Interiores conseguiu aliar a beleza, a arte e a praticidade na elaboração dos projetos.